Água é captada em 65 pontos

Home Água é captada em 65 pontos
Terça, 09 de Março de 2021

Texto: Francielle Maria da Silva / Tabelas: Stefanny Inacio Rolim

A captação de água para abastecimento no município é feita em 65 pontos: 29 são superficiais (córregos e rios), 14 são em nascente e minas d’água e 22, em poços subterrâneos. Parte dessa água é tratada nas seis estações de tratamento onde recebe todas as etapas de purificação. O restante vai para reservatórios que recebem a água de diferentes fontes de captação – subterrânea, superficial, da própria estação de tratamento – e que não possuem tratamento completo, sendo a desinfecção da água feita através de adição de pastilha tricloro (cloro com alta concentração de ativos de desinfecção usados para o tratamento da água).

Fonte: (PMSB-OP) Plano Municipal de Saneamento Básico de Ouro Preto

Segundo o Plano Municipal de Saneamento Básico de Ouro Preto,  a capacidade de reservação da água de todo o sistema é de 8,899 metros cúbicos, distribuídos em 89 reservatórios, sendo 35 localizados na área urbana, com capacidade total de 5,708 metros cúbicos, e 54 nos distritos, com capacidade de 3,191 metros cúbicos.

O sistema não possui hidrometração e a única cobrança feita é a Tarifa Básica Operacional (TBO) pela disponibilização do serviço de água e esgoto, independente do consumo ou da utilização dos serviços.

Fonte: Semae

O Sistema de Abastecimento de Água de Ouro Preto, desde 2005, é administrado pelo Serviço Municipal de Água e Esgoto de Ouro Preto (Semae-OP) uma autarquia municipal de direito público criada pela Lei Municipal nº 13 de 24 de fevereiro de 2005. Antes, o serviço de abastecimento era executado por um departamento da Prefeitura vinculado à Secretaria de Obras e Limpeza Urbana.